eternal love.

Autor: Yanca K.


Enquanto eu o olhava, me coração se comprimia. Ah, eu o amava tanto. Ficava mais do que ansiosa quando o via passar, com aquele sorriso que me deixava tão boba. Aquele olhar que me gelava toda, ao mesmo tempo em que derretia meu coração. Como era triste, ah droga. Como eu sofria. Mesmo sem contar pra ele, eu tinha insegurança de que me rejeitasse. Mas isso não amenizava o amor, e o amor não amenizava a dor.
Ás vezes sem motivo eu me pegava o contemplando. Como eu o amava.
No começo pensei que seria como qualquer um. Mas não, você domina os meus pensamentos, e sinceramente, eu amo isso. Não é de se surpreender, já que, eu amo tudo em você. Seus defeitos me cativam, até eles possuem certa perfeição.
Ah como dói, meu coração já não suporta, tão confuso está. È como se você simplesmente o fizesse parar de bater ou acelerar, não sei ao certo. Não importa até isso me atrai. O perigo que você representa, bambeia minhas pernas e motiva minha vida.
Para deixar bem claro. É, eu te amo.



3 comentários:

  1. que liiindo *-* /chorei :')

    ResponderExcluir
  2. UASHDUASHDU, brigada caro 'anonimo'!

    ResponderExcluir
  3. Er... A-M-E-I!!

    Ya, me surpreendeu!

    ResponderExcluir







Design e template feitos por Yanca Peixoto. Código HTML usado como base feito por Julie Duarte. A cópia é proibida, seja total ou parcial, e retirar os créditos é plágio. Não retire os créditos.
Atenciosamente, blog O Guarda-Chuva